Conheça projetos que distribuem livros no metrô

 

Você deve ter acompanhado a notícia de que a atriz Emma Watson (a personagem Hermione dos filmes Harry Potter) escondeu, na semana passada, 100 unidades do livro Mom and Me and Mom, de Maya Angelou, em diferentes estações de metrô, em Londres. O objetivo foi intensificar a divulgação, de forma lúdica, da literatura clássica e contemporânea feminista. O que nem todos sabem é que a iniciativa fazia parte de um projeto ainda maior, o Books on the Underground, criado em Londres em 2012.

A intenção de o Books on the Underground é formar novos leitores e incentivar a leitura, deixando livros espalhados pelas estações de metrô da cidade inglesa. Para viabilizar a ação, contam com a parceria de editoras, produtores de filmes e escritores. Deu tão certo que a ideia inspirou outros países a fazerem o mesmo.

Um ano após o lançamento do projeto inglês, surgiu o Books on the Subway, em Nova York. E aí o efeito dominó se deu: em 2014 Books on the L, em Chicago, e também o Books on the Metro, em Washington. No ano seguinte, Books on the Rail, em Sydney, Australia. Por enquanto, aqui nada, mas fica a dica para termos cada vez mais gente lendo.